Crónicas
Sociedade Recreativa
Heróis
por Fernando Sobral
'Heroes' é hoje o tema mais popular de David Bowie no Spotify.
  • Partilhe
SÁBADO 09 JUNHO - 00H
Há canções que sobrevivem ao tempo. Tornam-se hinos não apenas de uma geração, mas de várias. Talvez seja isso que sucedeu com 'Heroes' de David Bowie. O tema é hoje o mais popular do cantor no Spotify. Em Outubro de 1977 não teve muito sucesso nas tabelas de vendas.

Compreendia-se: era o tempo da euforia punk na Grã- -Bretanha e do 'disco-sound' nos EUA. Mas o sentido de drama e aventura, de mistério e paixão, que povoavam as palavras que Bowie cantava, continuaram vivos. 'Heroes' foi escrita e gravada no Verão de 1977 nos Hansa Studios de Berlim Ocidental, com vista para o Muro que dividia então a Alemanha.

Bowie tinha chegado à cidade vindo de Los Angeles, tentando curar-se de uma dependência da cocaína e de um casamento em ruínas. Isso quase o destruíra. Ele lançara o seu primeiro álbum da célebre trilogia alemã, 'Low', em Janeiro de 1977, pouco depois de fazer 30 anos. O seu disco seguinte, 'Heroes', seria editado nove meses depois.

O seu título-tema nascera de um 'riff' do guitarrista que habitualmente acompanhava Bowie, Carlos Alomar, que fora embelezado por sons de sintetizador de Brian Eno e algumas notas de guitarra de Robert Fripp.

Não havia triunfalismo na canção: poderíamos ser 'heróis', "mas só por um dia". O tema inspirava-se numa nova paixão do produtor Tony Visconti, com quem este se encontrava clandestinamente junto à fronteira da cidade, onde havia soldados vigilantes. E, em 1987, Bowie cantou-a mesmo junto ao muro para os jovens de Berlim Leste a escutarem. Um novo tempo vinha aí.
Ler mais tarde
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Partilhe
0
Comente
0
mais crónicas de
Sociedade Recreativa
horóscopo
EM DESTAQUE
BALANÇA
24 SETEMBRO - 22 OUTUBRO
OUTROS SIGNOS
a ferver
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina