Crónicas
Sociedade Recreativa
Surpresa
por Fernando Sobral
Um disco de efeitos digitais, de tentativas de fazer rap, de ‘spoken word’.
  • Partilhe
SÁBADO 07 ABRIL - 00H
Há momentos assim, quando um músico se parece libertar de tudo aquilo que lhe parecia tolher os movimentos e se liberta definitivamente. Foi isso mesmo que sucedeu com Jack White neste seu novo ‘Boarding House Reach’, um disco cheio de efeitos digitais, de algumas tentativas de fazer Rap, de ‘spoken word’.

Há aqui um daqueles momentos em que um músico chega a uma floresta e pretende descobri-la, mesmo os locais que sempre lhe pareceram inacessíveis. Algures ele canta mesmo, anunciando a sua própria liberdade: "I’m never gonna go where you want me to go."

O que surpreende mais naqueles que se habituaram a escutá-lo ao longo das últimas duas décadas é que ele dribla aqui o universo complexo onde se movia, o do rock muito influenciado pelos blues. Agora essas regras foram quebradas e todas as pontes foram atravessadas. Neste momento é um computador que define o universo de White. Será a isto que chamamos modernidade? Talvez seja.

Até porque o grupo que toca com ele neste disco é formado por músicos habituados ao hip-hop e ao R&B, que cirandam à volta de estrelas como Beyoncé, Jay Z ou Kanye West. Há aqui sobretudo divertimento. ‘Ice Station Zebra’ começa, por exemplo, como um espanto: Jack White a tentar ser um rapper. ‘Respect Commander’ é uma mistura, quase psicadélica, que vai do rock até ao hip-hop mais típico da década de 80.

E há muitos temas de ‘spoken word’ (’Ezmelda Steals the Show’ é mesmo comovente). ‘Connected By Love’, que junta a tradição à electrónica é perfeito. É o grande tema deste disco que surpreende.
Ler mais tarde
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Partilhe
0
Comente
0
mais crónicas de
Sociedade Recreativa
horóscopo
EM DESTAQUE
SAGITÁRIO
23 NOVEMBRO - 21 DEZEMBRO
OUTROS SIGNOS
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina