Crónicas
Jornal Nacional
Dar tempo ao tempo de se atrair
por Leonardo Ralha
Brasileira demorou a deixar-se convencer pelo país em que vive e pelo homem com quem vive.
  • Partilhe
SÁBADO 20 JANEIRO - 00H
A maioria das ex-concorrentes de reality shows não tem maior relação com universidades do que saídas com o plantel da Académica de Coimbra, mas Kelly Baron tem "pós-graduação, mestrado e doutoramento" em Direito. 

Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil, quer aproveitar o tratado de reciprocidade entre os dois países, mas vai acompanhando o namorado, Pedro Guedes, por quem se apaixonou no ‘Big Brother VIP’. "Quero primeiro ter alguma estabilidade e assentar, para depois exercer. Mas como passamos a semana entre Porto e Lisboa, com vários projetos ao mesmo tempo, é difícil", explica, sem notar que seria o reforço ideal para o gabinete jurídico de uma concessionária de autoestradas. Até porque nada é impossível para quem fazia turnos num escritório de advogados e numa discoteca quando foi convidada para o ‘Big Brother Brasil’, que serviu de porta para uma vida com que não sonhava. 

"Nunca me passou pela cabeça ir para Portugal, pois não era um país que me atraísse", confessou, acrescentando, sobre o modelo Pedro Guedes, que "não foi amor à primeira vista" e "não me atraiu logo". De onde se depreende que o ponto forte de Kelly serão as alegações finais.

Pergunta com enorme amplitude térmica 
"Quanto às minhas referências no mundo da comédia, posso dizer que isso é uma pergunta que pode ir do Polo Norte ao deserto do Saara", respondeu Fernando Rocha à ‘TV 7 Dias’. E se tivesse dito isso em inglês poderia muito bem passar pelo planeta Úrano... 

Alegria de estragar a vida aos outros 
Sara Aleixo conseguiu um papel "pequenininho" na telenovela ‘Paixão’. "Vou ser uma menina da vida, uma jovem alegre que vem estragar a vida a várias personagens masculinas", explicou à ‘TV Guia’. Irá a ex--apresentadora da Sporting TV desgraçar árbitros?

Contra a monarquia no âmbito amoroso
Evitando fazer um rescaldo do fim do seu namoro à ‘Lux’, Sara Prata apontou um dedo acusador: "Foi a Disney que disse que tínhamos de encontrar o príncipe perfeito. Colocaram-nos estereótipos na cabeça de uma forma muito ligeira." Sai um processo contra o Rato Mickey.  
Ler mais tarde
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Partilhe
0
Comente
0
mais crónicas de
Jornal Nacional
horoscopo
EM DESTAQUE
PEIXES
20 FEVEREIRO - 20 MARÇO
OUTROS SIGNOS
a ferver
Copyright 2014 - Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. - Grupo Cofina. Consulte as condições legais de utilização.