Crónicas
Edição de Autor
Um produto para venda
por Miguel Azevedo
Nos últimos anos já se vinha falando do regresso das Spice Girls ao ativo.
  • Partilhe
SÁBADO 10 FEVEREIRO - 00H
Nos últimos anos já se vinha falando do regresso das Spice Girls ao ativo. Agora parece que vai mesmo acontecer. Eu nunca acreditei na reunião do grupo a não ser, claro, nos moldes em que agora é finalmente anunciada: sem canções novas, sem disco novo e sem concertos ao vivo. Então, o que é que elas vêm fazer? Parece que a ideia é explorar "novas possibilidades", fazer televisão na China, criar um concurso de talentos e eventualmente lançar uma compilação de êxitos.

Pelo meio estão todas elas obrigadas a fazer vários tipos de cedência de direitos e nomes em produtos. Tudo isto pela módica quantia, à cabeça, de 11 milhões de euros para cada uma. Conheci pessoalmente as Spice Girls em Paris no final do anos 90 (ainda antes da saída de Geri), numa conferência de Imprensa que foi mais divertida do que interessante.

Apesar dos cerca de 90 milhões de discos que venderam, de gozarem do estatuto de grupo feminino mais bem-sucedido de sempre e de maior fenómeno da música britânica depois dos Beatles, as Spice Girls, o tal grupo que todas as mulheres queriam imitar e que todos os homens queriam namoriscar, sempre foram, na verdade, um produto.

Muito bem feito e que muito vendeu, mas um produto. Um regresso das Spice Girls ao mundo da música, à realidade do mercado atual, seria descontextualizado, disparatado, eventualmente desastroso para todos elas que, aos 40 anos de idade, teriam que puxar muito mais pela voz do que pelo físico.

Nas negociações, que foram demoradas, parece que ficou definido em contrato que Victoria nunca teria de cantar (recorde-se que a mulher de Beckham chegou a admitir que o seu microfone era desligado durante os concertos ao vivo por ser a pior vocalista).

Serve isto tudo para dizer que, nas condições em que aceitam agora voltar, os Spice Girls só vêm dar razão àqueles que sempre olharam para elas como um produto de e para venda. Incluindo eu próprio.
Ler mais tarde
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Partilhe
0
Comente
0
mais crónicas de
Edição de Autor
horóscopo
EM DESTAQUE
LEÃO
24 JULHO - 23 AGOSTO
OUTROS SIGNOS
a ferver
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina