Crónicas
Edição de Autor
O concurso e a recruta
por Miguel Azevedo
Corria o dia de 11 de julho de 1986 quando uns ‘putos’ com mau aspeto e de cabelo no ar apareceram a concurso numa das eliminatórias de jovens valores da festa do ‘Avante!’.
  • Partilhe
SÁBADO 21 OUTUBRO - 00H
Puro Veneno... Corria o dia de 11 de julho de 1986 quando uns ‘putos’ com mau aspeto e de cabelo no ar, com pretensões a músicos profissionais mas ainda mal ensaiados, apareceram a concurso numa das eliminatórias de jovens valores da festa do ‘Avante!’. Tocaram o que sabiam, como sabiam, disputando o primeiro lugar com nove bandas.

Ficaram em último. "Éramos carta fora do baralho. Aparecemos para lá a cantar ‘veneno, só me dão veneno’ e aquilo era muito fora. Não havia outra hipótese se não ficar em último lugar", justifica hoje João San Payo, dos Peste & Sida.  Daquele concurso nenhuma banda ficou para contar história. "Só ficámos nós." E assim, no ano seguinte, os Peste & Sida entraram em estúdio para gravar o primeiro disco: ‘Veneno’, um marco na história da música moderna portuguesa.

João San Payo já cumpria, por essa altura, o serviço militar obrigatório. "As memórias desse disco são escassas. No início eu não podia sair  do quartel. Só a partir da sétima semana é que comecei a ter autorização", conta hoje João San Payo. "Iam lá buscar-me ao final do dia, todo partido da recruta, e tinham de me devolver à meia-noite. Como eu andava cansado, passava o tempo a dormir. Às vezes tinham de me acordar para gravar. Por isso, as memórias que tenho são essencialmente de violência física."

O disco saiu nesse ano e tomou de assalto os curiosos da nova música portuguesa. Hoje, ‘Veneno’ é um incontornável do rock português e o seu original em vinil não é fácil de encontrar em bom estado. Nem João San Payo ficou com uma cópia.

"Fui oferecendo ao pessoal e fiquei sem nenhuma." Resta o consolo de saber que, ao contrário do que aconteceu a outros discos históricos como ‘Ar de Rock’, de Rui Veloso, cujos masters foram ‘destruídos’, que as fitas originais de ‘Veneno’ estão bem guardadas nos arquivos da atual editora, a Universal.
Ler mais tarde
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Partilhe
0
Comente
0
mais crónicas de
Edição de Autor
horoscopo
EM DESTAQUE
AQUÁRIO
21 JANEIRO - 19 FEVEREIRO
OUTROS SIGNOS
a ferver
Copyright 2014 - Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. - Grupo Cofina. Consulte as condições legais de utilização.