Craques sofrem com os dramas de quem mais amam

O antigo jogador viajou para portugal para se despedir da mãe e vive dias difíceis. uma dor comum a muitos outros nomes ligados ao mundo do futebol
Luís Figo com os pais António Figo e Maria Joana
A imagem que Luís Figo partilhou
Luís Figo
Fernando Gomes perdeu a filha,  Filipa, em janeiro
Dolores Aveiro com o filho Ronaldo
Carlos Martins com o filho Gustavo
Cristiano Ronaldo, CR7, futebolista
Luís Figo com os pais António Figo e Maria Joana
A imagem que Luís Figo partilhou
Luís Figo
Fernando Gomes perdeu a filha,  Filipa, em janeiro
Dolores Aveiro com o filho Ronaldo
Carlos Martins com o filho Gustavo
Cristiano Ronaldo, CR7, futebolista
21 fev 2021 • 19:49
As últimas semanas foram de verdadeira angústia para Luís Figo. O antigo jogador viu o estado de saúde da mãe agravar-se de dia para dia e, entre viagens constantes de Madrid (onde mora com a família) para Lisboa, acompanhou a situação clínica de perto. No entanto, no domingo passado, Maria Joana acabou por morrer. Figo chegou nesse mesmo dia à capital, acompanhado da mulher, Helen Svedin, o seu maior apoio. No dia seguinte, foram ambos ver o mar, na Fonte da Telha, na Caparica, como mostraram nas redes sociais. Maria Joana, de 71 anos, encontrava-se gravemente doente, nos Cuidados Intensivos de um hospital privado em Lisboa. As cerimónias fúnebres, reservadas à família e a um grupo restrito de amigos, realizaram-se na passada na terça-feira, em Almada, cidade onde Maria Joana morava.

Tal como Figo, muitos outros nomes do futebol sofrem com os dramas da família. Cristiano Ronaldo, por exemplo, viu o seu mundo desabar, há precisamente um ano, quando a mãe, Dolores Aveiro, sofreu um AVC isquémico. O futebolista viajou imediatamente para o Funchal para estar ao lado da mãe e foi com satisfação que a viu ter alta, duas semanas depois. Em 2005 já tinha passado pelo momento mais difícil da sua vida, com a morte do pai. Na altura, Dinis Aveiro encontrava-se internado num hospital em Londres, com problemas renais e hepáticos. CR7 estava ao serviço da Seleção Nacional, em Moscovo, na Rússia, e fez questão de manter os compromissos profissionais.

Fernando Gomes, conhecido no mundo do futebol como ‘Bibota’, também vive um dos momentos mais dramáticos da sua vida, após a morte da filha. Joana tinha 32 anos e em janeiro de 2020 foi encontrada morta.
incêndio trágico

O ano passado também foi trágico para o treinador Jesualdo Ferreira. A irmã, Manuela, de 80 anos, morreu num incêndio, em Mirandela. Na altura, o técnico encontrava-se a trabalhar no Brasil e não conseguiu viajar para Portugal para se despedir da irmã e apoiar a restante família. Zulmira Ferreira, mulher do treinador, também era muito próxima da cunhada.

Filho de Carlos Martins enfrentou cancro aos três anos
Carlos Martins também viveu momentos de grande angústia em 2011, quando o filho de apenas três anos foi diagnosticado com aplasia medular, uma forma de cancro em que a medula óssea deixa de produzir as células do sangue. Na altura, era jogador do Benfica e emocionou o País com a luta da sua família. Em 2018, durante uma entrevista, revelou que o filho tinha recuperado. "O Gustavo está ótimo, está bem. De há um ano para cá está clinicamente bem. Agora é usufruirmos da vida, cada dia é um dia. Ele está feliz", disse. "Em termos clínicos o pior já passou, mas o medo está cá sempre", disse.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo