Agentes de execução em casa de Luciana Abreu

O tribunal emitiu um mandato para serem apurados o valor dos bens da cantora, de forma a serem penhorados.
Luciana Abreu
Luciana Abreu
Luciana Abreu
Luciana Abreu
luciana abreu
Luciana Abreu
Luciana Abreu
luciana abreu
Luciana Abreu em guerra com vizinha
Luciana Abreu
Luciana Abreu
Luciana Abreu
Luciana Abreu
luciana abreu
Luciana Abreu
Luciana Abreu
luciana abreu
Luciana Abreu em guerra com vizinha
12 jun 2019 • 15:22
Quando a vida de Luciana Abreu parece ter conquistado alguma calma, surge uma nova polémica. 

Foi na manhã do dia 4 de junho que vários agentes de execução bateram à porta da 
vivenda onde a artista vive com as filhas, em Cascais. Uma visita inesperada em que os agentes procuraram bens de valor para penhorar devido a uma alegada dívida, contraída pela empresa que gere a carreira da artista.

Segundo revela a revista 'TV Mais', Micaela Medeiros, a assessora de Lucy, abriu a porta e foi surpreendida pela visita dos agentes, que foram acompanhados por elementos da GNR e tiveram acesso a todo o recheio da habitação da cantora.

O advogado de Luciana chegou pouco tempo depois à residência, mas permaneceu lá por pouco tempo. Além de ser casa de família, a moradia é também sede da empresa que Luciana Abreu tem em seu nome, a LVAM Productions. 

Luciana Abreu encontrava-se no Dubai quando a sua casa foi revistada pelos agentes de execução através de um mandato judicial.


Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo